domingo, 31 de janeiro de 2016

Chegou 2016

Chegou 2016 e muita coisa mudou em mim como pessoa e profissional desde que comecei esse blog.
Muitos projetos me afastaram da ideia original do blog, para bem e para mal, como toda mudança na vida.
Mas hoje eu sinto que tenho mais maturidade diante de tantas informações e opções existentes na internet, nos mercados e na vida.
Vou continuar falando das coisas boas sem leite que encontrar por aí, mas vi a necessidade de não ser mais uma a falar dos lançamentos... entendi que conhecimento é diferente de sabedoria e que para se alimentar bem não adianta só conhecer o que tem ou não lactose, glúten, sódio, açúcar... e sim o que nos move a comer tais coisas, como comer, quando, onde e por quê.
Minha intenção é retomar as receitas, as pesquisas de campo e falar mais da minha atuação profissional, além de opiniões sobre saúde, alimentação, a loucura da estética etc etc etc...
O blog vai mudar para melhor e peço apenas paciência de vocês (se) que ainda me seguem.
Peço sugestões, por favor deixem comentários!
Beijos!
Feliz 2016! 
Ps: ouvi falar que na França se deseja ano novo a quem ainda não se encontrou até 31 de janeiro.

sábado, 26 de abril de 2014

Novas descobertas cariocas

Quem mora no Rio de Janeiro, especialmente próximo ao Shopping Tijuca, ou der uma passada por lá vai se beneficiar dessas descobertas:


Starbucks oferece troca de leite de vaca por leite de soja no café com leite


Ficou ruim a foto mas esse é um bolinho sem lactose com farinha de trigo integral do Rei do Mate


Também não tem açúcar


Confesso que achei mediano. Talvez porque com adoçante tudo se torne doce demais.


Esse sequilhos deliciosos encontrei na Mundo Verde desse Shopping. Penso que nem todos os produtos são sem lactose ou sem ovo como esse, mas a empresa fabrica comidinhas voltadas para quem não pode comer glúten. 


Cerca de R$9,00 o pacote, ainda não vi em Fortaleza

 Se eu disser que levei para o trabalho e todos atacaram? não deu tempo de fazer as fotos do produto! acho que isso significa que a aceitação dele é muito boa! Nosso grupo de 5 pessoas na qual só eu sou intolerante à lactose e ninguém é celíaco aprovou o sequilho!


Por fim, vou terminar esse post com a coisa mais deliciosa que eu encontrei no Rio de Janeiro:


Aaaahhhh ele não é lindo? Quentinho, gostoso, ronronando amor! Meu gatinho carioca, Tebi, também não pode tomar leite pois tem diarreia. Aliás muitas coisas que comemos fazem mal para nossos bicinhos! Morro de saudades dele! Ai ai...

Bem agora é torcer para que cheguem todas essas novidades em Fortaleza! Já seria um sonho ter Starbucks aqui, se vierem coisinhas permitidas à todos melhor ainda! Não sei se tem Rei do Mate em Fortaleza mas Mundo Verde já tem um monte há anos e eu nunca vejo nada de novo lá...

Se vocês encontrarem esse sequilho (ou outro sem leite) me avisem! 
Beijos!

Serviço:
Mundo Verde:
http://www.mundoverde.com.br/
Rei do Mate:
http://www.reidomate.com.br/
Sabor Vital:
http://www.saborvital.com.br/
Starbucks:
http://www.starbucks.com.br/

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Bolo sem leite e sem ovos

Como muitos sabem tenho um lado confeiteira tradicionalmente exercido com bolos daqueles cheios de leite, glúten e ovos. Vez por outra alguém me pergunta por que eu faço bolos dos quais eu acabo nem comendo. Confesso que sempre tive preguiça de sentar e estudar como modificar as preparações e como substituir esses elementos tão clássicos na gastronomia e cuja funcionalidade na cozinha já é tão bem conhecida. Ver literaturas estrangeiras ou receitas com ingredientes que não encontramos aqui (aqui em Fortaleza- Ce principalmente) me desanimaram bastante e muitas vezes, eu indicava pessoas já conhecidas do mercado. 

Essa semana fui desafiada por uma colega de trabalho (por favor me desafiem! hahaha) a fazer um bolo sem leite e sem ovos.

Fui pesquisando e encontrei uma receita fácil e rápida e que me deu forças para prosseguir nesse caminho de delícias especiais.

Busquei na internet uma receita de bolo de maracujá sem ovos. E encontrei essa daqui:

ATENÇÃO ESSA RECEITA TEM GLÚTEN!

Bolo de maracujá sem leite e sem ovos:

Ingredientes:

3 xícaras de farinha de trigo;
1 e 1/2 xícaras de açúcar;
2 xícaras de suco de maracujá (comprei o maracujá e bati no liquidificador, acrescentei água até obter a quantidade necessária e coei);
1 colher de sopa de fermento (seja generoso aqui, nada de colher rasa!);
1/2 xícara de óleo vegetal (usei soja, mas tem gente que acha que canola é mais neutro).

Modo de preparo:

Peneire a farinha e o açúcar, adicione o suco e o óleo e mexa bem. Usei o fouet (batedor manual). Depois de bem batido, coloquei o fermento, e misturei beeem para que toda a massa recebesse o fermento. Se ficar bolinhas é bom desmanchá-las. Levei ao forno à 180°C por 1h. Ele rendeu um bolo pequeno, então se quiser um bolo maior é melhor dobrar a receita.

Fonte: http://vista-se.com.br/redesocial/bolo-de-maracuja/

Coloquei como recheio geleia de framboesa, da marca Queensberry simplesmente porque não tive outra opção, o bolo era de última hora e dificilmente eu acharia algum recheio que não levasse leite e ovos ou soja. Mas advirto que a geleia não tem a consistência necessária para rechear um bolo sem escapar e escorrer. Então é melhor pesquisar mais para as próximas receitas.

Enrolei com acetato  para que o bolo não quebrasse até o momento de ser servido e coloquei palitos de churrasco para que ele não desmontassem.

Por cima, decorei com uvas e ameixas, pincelei geleia de brilho e glitter para uso culinário (informe-se antes de consumir se você é alérgico). A geleia de brilho é basicamente água, açúcar e amido de milho e você encontra receitas na internet e pode fazer em casa, caso não queira comprar.

Mais uma dica: tente colocar uma quantidade generosa porém não exagerada de fermento. Fiz dois bolos e o primeiro "solou" porque levou pouco fermento. Já o segundo ficou bem fofinho e nem parecida bolo sem ovo. Você pode trocar o sabor do suco e se souber de outro recheio legal por favor me passa a dica!!!

Prometo que vou estudar mais e daqui a pouco novas receitas vão surgir!
Beijos!


segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Descobertas de 2013


Chocolate orgânico da Monana:


Sabor doce e preço salgado (dá para ver?)



 Nut mix: pães variados



Esse é de batata! muito bom!!!



Cookies deliciosos de vários sabores! ;)


Brownie: tudo de bom, mais seco que o tradicional mas supre sua necessidade de doce! 


Compras no Mercadinhos São Luís:


Para mim é muito doce e tem aquele sabor de adoçante residual (diet)e não senti o sabor do Gergelim


Fiquei na vontade mas ainda não comprei


Tava na hora de ter um achocolatado zero lactose né? só tá faltando capuccino, leite condensado e creme de leite...

Amika Coffe House:


Para quem curte bebida de soja fica a dica de um local que faz bebidas à base de café
Comi e gostes desses muffins:


Boa dica para um café


Evento patrocinado pela Jasmine e Roma Alimentos:


Segundo os fabricantes todos os produtos são isentos de leite



Harts: essa barrinha é livre de glúten também

Tem vários sabores porém o preço dela é maior que as barrinhas tradicionais (para variar!)

Minha paixão: Sorvete de chocolate amargo do Empório Dayse Mota!!! por cima coloquei marshmellow
(olha só... nos cursos que fiz de confeitaria vi que essa cobertura é feita de ovos e açúcar mas é bom se certificar!)


Mãe Terra: curto muito essa marca... orgânicos, integrais, agricultura familiar!!! A Nutri pira!!!


Mix de castanhas e passas. Um bom lanchinho!!!



 Mini bolo da Grani Amici: sem glúten e sem lactose, veio do RJ não sei se tem em Fortaleza

Barrinha de sementes e grãos, trazidos do RJ também. Essas contém adoçante




Esses biscoitos da Jasmine eu ainda não encontrei aqui. São deliciosos, lembram Nutella!



Já esse chocolate eu não curti... nem a presença de macadâmia salvou



Tai um que gostei: active slim


Tem de vários "sabores" porém são bem caros!

Barrinhas de frutas da Flormel: não estão isentas de traços de leite!!! é só conferir no rótulo


Essa tem castanhas: de caju, do Brasil e baru (mas o sabor dessa infelizmente nem se destaca... sou doida para conhecer!)


(cupuaçu com coco! delícia!!!)

The best!!!! deliciosa barrinha de chocolate meio amargo!!! ela é pequena mas sacia tanto que para mim dá para dividir com a mãe!!!


Ufa!!! acho que é só!!! se eu encontrar algo a mais coloco por aqui!!!
E se você souber de algo me avisa ok?
Beijos!!!

Contatos:
Monama: https://www.monama.com.br/

Nut mix: https://www.facebook.com/pages/Nutmiix/498603856881515?fref=ts

Mercadinhos São Luis: http://www.mercadinhossaoluiz.com.br/

Amika Coffe House: https://www.facebook.com/amikacoffeehouse

Jasmine alimentos: https://www.facebook.com/jasminealimentos?fref=ts

Roma distribuidora: https://www.facebook.com/pages/Roma-Distribuidora/169324659799025?fref=ts

Harts: http://www.harts.com.br/sobre-a-harts.html

Empório Dayse Mota: https://www.facebook.com/Emporiodaysemota

Mãe Terra: http://www.maeterra.com.br/site/

Grani Amici: http://www.graniamici.com.br/

Airon: https://www.facebook.com/produtosairon

Active Slim: http://www.activeslim.com.br/

Flormel: http://www.flormel.com.br/br/

Chocolife: http://www.chocolife.com.br/sobre

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Chocolates Emagrecer Comendo

Bom dia leitores!

Sei que demorei muito para colocar essa postagem dos chocolates! Peço desculpas e justifico minha falta em nome da loucura que é terminar um mestrado!

Mas falando de coisa boa, eis aqui uma opção aos chocólatras que não abrem mão de um doce bem docinho.

Recebi a missão de fazer essa resenha e gostaria de deixar bem claro que essa , assim como as demais postagens, esta não é patrocinada. Não recebo ajuda de ninguém e até agora o blog é mesmo um diário pessoal das buscas que encontro por onde passo.

Na mesma época que recebi os biscoitos Emagrecer Comendo, chegaram os chocolates da mesma marca. Em uma das primeiras postagens do blog, falei sobre a versão tradicional do chocolate. Hoje, existem quatro versões disponíveis e vou apresentar uma por uma para vocês!

imagem cedida pela empresa

Primeiro preciso dizer que os chocolates apresentam um bom considerável de cacau, cerca de 50%, o que poderia torná-los mais amargos, do jeito que prefiro. Mas por utilizarem adoçantes eles se tornam bem mais doces do que as versões normais de chocolate com essa quantidade de cacau.


Atentem para a embalagem: não consumir em excesso, pois pode apresentar efeito laxativo. 
E esse excesso é uma questão muito individual, para mim por exemplo, dois já são excesso! 
Esse efeito provavelmente se deve ao adoçante utilizado (indico a leitura do livro Edulcorantes em alimentos- aspectos químicos, tecnológicos e toxicológicos, de Shibao et al, Phorte Editora, 2009).



A versão tradicional e mais antiga, já conhecida por nós, mantém as mesmas características: 20 gramas do produto com 54% de cacau, sem lactose e sem glúten, uso de adoçante e não açúcar, um sabor mais doce do que amargo (excelente para quem está começando a descobrir o sabor do cacau e seus benefícios e ainda não se adaptou completamente ao amargor).




Para quem busca os benefícios da Camellia sinensis, há a versão com chá verde. Tem aquele gostinho de chá que muitos (como eu) apreciam, porém com o sabor final doce, característico do uso da sucralose, então não se torna amargo por completo. Para mim faltam apenas na embalagem a quantidade de chá presente em cada porção, e para ser mais exato, de catequinas, em especial de galato de epigalocatequina (EGCG), a catequina com maior potencial antioxidante (retirado do livro Suplementos Dietéticos para profissionais de saúde de Talbott e Hughes, Editora Guanabara Koogan, 2008) presente no chá verde.



Lembre-se ainda que o chá verde é rico em cafeína e que o próprio chocolate também o poderá ser. Então portadores de enxaqueca ou restrições à cafeína fiquem atentos.

Para quem aprecia as versões crocantes de chocolate, a empresa possui dois produtos: um enriquecido com linhaça dourada e outro com castanha do Brasil (ou do Pará).
Se você está habituado com o sabor da linhaça vai curtir a presença dessa sementinha que faz um bem enorme para a saúde. Acho que é ainda opção para inseri-la na alimentação de quem ainda não a come. Mas senti falta no rótulo da quantidade de linhaça por porção, informação bastante útil para quem se preocupa com as fibras próprias da linhaça e com a quantidade de ômega-3 ingerida.

presença de linhaça no produto!




O mesmo comentário, sobre quantidade, é aplicado ao chocolate de Castanha do Pará/Brasil. Com o sabor marcante da castanha, e pedacinhos crocantes da mesma, só faltava colocar a quantidade de amêndoa utilizada, para que saibamos o quanto esperar de selênio (o mineral antioxidante mais desejado deste alimento).


os pedacinhos de castanha são pequenos porém perceptíveis

Encontrei no Mercadinhos São Luis da Avenida Oliveira Paiva, ainda não pesquisei em outro lugar.


Beijos e bom fim de semana!